Arquivos da categoria: PARA INCOMODAR

REJECTS S/A

para incomodar REJECTS

Clayton Silva- Voz; Johnny Schwetler- Guitarra/Voz; Carlos Kuss- Baixo/Voz; Marcio Nossol- Guitarra/Voz & Ratinho Fendrich- Bateria

Oi! em São Bento do Sul? Sim meu amigo, desde 2003 o Rejects S/A incomoda os pacatos vizinhos da pequena cidade de Santa Catarina com um som muito bem feito. Os rejeitados de São Bento lançaram um CD demo em 2006 e três anos depois lançaram por eles mesmos o ótimo CD Falar Versus Ouvir. O Blind Pigs já teve o prazer de dividir o palco com eles e até participei dos vocais no CD dos caras. Sou fã da banda. Não é por menos que eles abrem a coletânea PARA INCOMODAR – Street Punk Brasil Vol.1 com a ótima Matar Um Leão Por Dia. Tive um bate papo com meu amigo e membro fundador, Johnny Schwetler.  

banner rejects

E aí Johnny, cara, São Bento do Sul! Fala um pouco como é ter uma banda Oi! aí nos fundos de Santa Catarina? Parece que a cena Punk/Oi! local é bem unida.

Johnny: Acho que é a mesma realidade que qualquer banda em qualquer lugar do Brasil passa. Poucos espaços para tocar, produtores que sempre querem que as bandas toquem de graça, etc. Mas a cena melhorou bastante desde que começamos com a banda. A cena local é unida sim, na medida do possível. Só quando rola um show maior pra juntar toda a galera de várias cidades diferentes.

O CD Falar Versus Ouvir teve uma boa repercussão? Teve algumas participações no mínimo “inusitadas”, digamos assim, hahahaha!

Johnny: Sim, acho que teve boa repercussão. Muitas pessoas nos conheceram através desse CD, mesmo sem uma distribuição decente. Foram quase 1000 cópias e todas as resenhas desse disco foram boas. Sobre as participações, tem você …hahahaha cantando na música Ode à Liberdade e nossos amigos Patrick Vilela e Luciano Tinti da banda Rudes de Barueri, cantando em Correria e Mestre dos Idiotas, respectivamente. Além de amigos aqui de São Bento. Penso que o inusitado é que conhecemos o Rudes em 2006, quando abrimos o show do Blind Pigs no Hangar 110 e eles eram a banda de abertura! hehehe

banner rejects1

O CD demo do Rejects S/A e o CD Falar Versus Ouvir.

O Gordo, vulgo Christian Targa, guitarrista do Blind Pigs, dirigiu o ótimo clipe da música Santa Ignorância (do CD) e agora bem recentemente o clipe da Matar Um Leão Por Dia (que estará na coletânea PARA INCOMODAR). Como é trabalhar com um cara que toca numa banda que influenciou vocês? Os clipes ajudaram na divulgação da banda? 

Johnny: Ah cara, muito massa! O fato é que de fãs, viramos amigos do Gordo, o que facilitou muito essa questão do clipe e também por ele saber como um clipe de uma banda de punk rock deve ser! Com certeza, um clipe ajuda DEMAIS na divulgação de uma banda! Depois que fizemos o primeiro clipe pudemos perceber isso.

clipe

Sei que você coleciona vinil, o que você coleciona? Qual é o tesouro da sua coleção?

Johnny:Minha coleção é bem modesta! Hahaha! Coleciono discos de punk/Oi!, ska e reggae. Compro os discos conforme as oportunidade$ aparecem. Tenho alguns que são raros e tal, mas acho que o mais diferente de todos é um EP 5″ do Dropkick Murphys Live On A Five Vol.4. Até então eu nunca tinha visto um disquinho desses, do tamanho de um CD

Qual o último disco que você comprou? 

Johnny: Life Won’t Wait do Rancid, meu favorito deles e eu ainda não tinha em LP.

Ótima compra. Vocês já abriram para bandas como Cólera, Garotos Podres, Olho Seco, Os Replicantes, Rattus e Terveet Kadet  da Finlândia entre várias outras. Qual foi o show mais memorável? 

Johnny: Os mais memoráveis para mim foram os shows com os Garotos Podres, Cólera e os dois com o Blind Pigs. O show com a banda street punk americana The Bloodclots aqui em São  Bento foi demais!!!

banner rejects3

Quais os planos para o Rejects S/A? Teremos músicas novas em breve? 

Johnny: Lançar o clipe novo da música Matar Um Leão Por Dia que aliás, estará na sua coletânea PARA INCOMODAR. Temos um CD com 10 sons que já foi mixado e agora iremos masterizar. Logo logo lançamos! Já estamos compondo novas músicas e iremos gravar no nosso próprio estúdio, o que irá facilitar as coisas pra banda daqui pra frente.

cap

Se alguém maluco quiser comprar seu CD ou camiseta, como faz? Aliás, me manda de novo o CD, tive que dar o meu! 

Johnny: Entra em contanto pelo facebook. Hahaha, mandarei o CD novo pra ti!

Johnny, valeu! Manda um recado aí para os punks, skins e rudeboys das nossas terras brasileiras! Um grande abraço! 

Johnny: Valeu a todos que apoiam a nossa banda e se você curtiu o som, entre em contato. Apoiem sua cena local. Valeu Henrike pela oportunidade!  Abraço!

banner4

 

 

SINDICATO Oi!

para incomodar banner

Douglas84 – voz; Indio – voz e guitarra; Português – bateria & Soleta – baixo e voz

Entre as bandas que estarão presentes na coletânea em vinil PARA INCOMODAR – Street Punk Brasil Vol.1 (lançamento Novembro 2014 pela HBB) nenhuma incomoda mais do que os paulistas do Sindicato Oi!, banda formada em 2001. Depois de lançar uma demo em 2005 a banda deu uma pausa para voltar com tudo ano passado com duas faixas, Lixo e a Fúria e Apenas Mais Um no CD coletânea Brasil Oi! lançado em parceria pelos selos The Firm e Rotten Records. Nossa conversa é exatamente com o responsável pela Rotten Records, ex-Garotos Podres e atual baterista do Sindicato Oi!, meu amigo de longa data, Luis Português.

sindicato1

 

Fala Português, me conta um pouco sobre sua entrada no Sindicato Oi! e os planos da banda para o futuro próximo.

Português: O Douglas estava em contato com o Indio e o Soleta que fundaram a banda, para a volta do Sindicato Oi!, mas precisavam de um batera. Como sou amigo do Douglas rolou o convite e como tinha vontade de voltar a tocar, topei na hora. Com essa formação gravamos até agora 8 músicas, na maioria regravações de músicas da própria banda. Depois de participar da coletânea Brasil Oi! da The Firm Records, e da coletânea PARA INCOMODAR. Temos planos de lançar um EP em vinil, ainda estamos analisando as possibilidades.

firm

Quando comecei a sondar bandas para participar da coletânea PARA INCOMODAR algumas recusaram o convite, pois o Sindicato Oi! estaria presente nela. A banda levanta alguma bandeira política?

Português: A banda não levanta nenhuma bandeira política, procuramos retratar nas músicas todo o espírito rueiro da cultura skinhead, sempre com respeito e sem preconceito.

portuga

Português hoje no Sindicato e nos anos 80 com o Garotos Podres.

Bom, chega de politicagem e patrulhamento ideológico e vamos falar um pouco sobre seu selo, Rotten Records, que lançou vários CDs nos anos 90 e agora volta à ativa com o CD Brasil Oi! Antes de qualquer coisa, quero deixar claro que a minha coletânea PARA INCOMODAR  é claramente inspirada nas antológicas e infames coletâneas Oi! Um Grito de União lançadas pela Rotten. Alguma chance dos antigos lançamentos da Rotten, que só foram lançados em CD terem uma edição em vinil agora que o vinil está novamente em evidência?

Português:  Sim, tem chances de reeditar algum material antigo da Rotten Records em vinil, mas ainda não tem nada programado, mas no futuro, quem sabe?

rotten records

Cara, você coleciona vinil? Qual é pérola da sua coleção?

Português: Não sou colecionador de vinil, tenho alguma coisa que adquiri com o passar dos anos, mas gosto muito do formato. Tenho alguns discos do inicio do punk nacional: Inocentes, Cólera, Olho Seco, Garotos Podres (claro) etc. Acho que o mais difícil de achar é um EP do Garotos Podres, que foi editado na França pelo selo One by One nos anos 90. Foram prensadas 500 cópias, só que essa edição que eu tenho foram feitas poucos exemplares com a capa de cor diferente.

Porra, esse compacto eu preciso ver, não sabia que existia isso. Português, um prazer, como sempre, trocar ideia com o senhor. O espaço é teu, manda teu recado!

Português: Pra encerrar, queria parabenizar pela sua iniciativa, e pelo seu vigor em sempre estar produzindo algo, impressionante Henrike como você está na ativa, seja com banda, webzine, organizando coletânea, programa de rádio, participações em gravações,etc…Parabéns e se a cena tivesse mais “Henrikes” seria muito melhor. Isso tudo que está fazendo vai trazer uma grande contribuição pra cena em geral, isso inspira as pessoas, continue assim, colocando a “cara a tapa”. Abraço!

Hahahaha, valeu Portuga! Apendi muito com você meu brother! Abraço!